Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]


Poema: À espera da esperança...

por Blogs Zé Consciência, em 26.06.13



Com fé cá te espero, sou honesto e sincero,

Eu mal durmo, mal me mexo, mal faço o que quero.

Limpo as lágrimas, lavo o rosto e barbeio-me com cuidado,

Escovo os dentes, gargarejo, procuro ter entusiasmo.

Banalizo emoções que me encolhem os pulmões,

Imagino soluções, tantas escritas, tantas lidas e "re-lidas".

Fracos são aqueles que ignoram a tua chegada,

Quando te confundem com ilusões que te obstroem a entrada.

Mas eu canto para ti, na minha melhor tonalidade.

Continuo à tua espera, seja qual for a realidade.

Verdade seja dita, ganho peso no coração,

Quanto mais impaciente, mais força ganha este leão.

Mas eu não me chamo fraco, chamo-me "sábio lutador".

Com um sorriso cá te espero, desejoso que me confortes este ardor.


Fonte da imagem, clique aqui

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 22:02


No final do dia, sobra sempre uma ideia para conversar e refletir. Zé Consciência

Mais sobre mim

foto do autor


Pesquisar

Pesquisar no Blog  

Comprem aqui o álbum Mar (Hino À Esperança) EP


calendário

Junho 2013

D S T Q Q S S
1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
30

Arquivo

  1. 2014
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2013
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D

Crónicas Videojogos