Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]


Poema: Um Outro Mundo

por Blogs Zé Consciência, em 06.07.13

 

Escrevi este poema com 12 anos, quando andava no 7º ano, por volta de 1999.

Tinhamos de escrever um poema sobre o mar, para ser selecionado um que ficasse exposto num cartaz grande à entrada da escola.

O meu poema foi o selecionado.

Hoje, 14 anos depois, partilho connvosco, caros leitores, esse meu trabalho.

Não se preocupem que já lhe limpei as teias de aranha.

 

Sou frio e sou quente,

Sou muito paciente.

Sou leve como o ar

E em mim podem nadar.

 

Tenho sal e tenho ouro,

Sou um grande «tesouro».

 

Umas vezes sou venenoso,

Outras vezes sou rochoso.

 

Querem saber quem eu sou?

Sou outro mundo que em mim pousou.

Eu sou o oceâno que roda em cada ano…

 

JOSÉ CONSCIÊNCIA-7ºB


Fonte da imagem, clique aqui

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 17:54


No final do dia, sobra sempre uma ideia para conversar e refletir. Zé Consciência

Mais sobre mim

foto do autor


Pesquisar

Pesquisar no Blog  

Comprem aqui o álbum Mar (Hino À Esperança) EP


calendário

Julho 2013

D S T Q Q S S
123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
28293031

Arquivo

  1. 2014
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2013
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D

Crónicas Videojogos