Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]


Partilha: A música está em todos nós.

por Blogs Zé Consciência, em 26.11.13

Partilho convosco, caros leitores, um momento absolutamente maravilhoso.

Enquanto um músico cantava uma música sobre segundas chances, um sem abrigo aproximou-se a chorar e começou a improvisar à sua música com a alma de um autêntico artista.

Acredito que a música tenha a capacidade de libertar o melhor da nossa alma, e este video prova isso nesta música improvisada num momento de enorme partilha.

Desfrutem deste momento, seja vendo ou ouvindo.



Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 21:10

Aplicação para telemóvel (ReverbNation)

por Blogs Zé Consciência, em 22.11.13



Já podem fazer o download, através dos vossos telefones, da aplicação gratuita da minha página no ReverbNation, onde podem ouvir e comprar as músicas do meu álbum, lêr atualizações, aceder a outros sites meus (Facebook e Soundcloud), etc.

Por agora só está disponível a versão para o sistema operativo Android.

Façam o download gratuito aqui.


Música do Dia: Eminem - Survival (2013)

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 12:46

Álbum "Vozes do Interior EP" à venda!

por Blogs Zé Consciência, em 21.11.13



É com grande orgulho que informo os meus caros leitores, que o meu álbum "Vozes do Interior EP" já se encontra à venda na loja do ReverbNation.

O preço está em dólares americanos, mas se pagarem com cartão de crédito a conversão para euros é feita automaticamente.

O álbum custa $7,00 / €5,18, mas podem comprar música a música, sendo $1.50 / €1,11 cada uma (exceto a introdução e o instrumental que são $0.99 / €0,73).

Será este o primeiro passo para a concretização de um sonho?

Obrigado!

 

Loja online ReverbNation - Zé Consciência

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 13:40

Página no Facebook

por Blogs Zé Consciência, em 21.11.13

 

Tenho uma nova página no Facebook onde vou promover as minhas músicas.
Se tiverem conta no facebook, cliquem em  (Gosto) e ajudem-me a conseguir mais fãs!

 

https://www.facebook.com/zeconscienciamusic 

 

Não se esqueçam que a música Why The Fireworks está disponível para download gratuito (vêr Música do Dia).

Quantas mais pessoas descarregarem a música, melhor!

 

Até à próxima!


Música do Dia: Zé Consciência - Why The Fireworks

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 12:26

Receita para a bondade

por Blogs Zé Consciência, em 20.11.13



Hoje trago-vos um assunto discutido por muita gente e que difere de pessoa para pessoa.

Como sabem, a noção de bondade é subjetiva, porque se relaciona com a nossa noção do que é o "bem".

E o que é bom para mim pode não ser para outro.

Posto isto, há coisas que são, apesar dessa subjetividade, básicas.

Passo a citar algumas regras básicas da bondade:

Não é muito correto ir contra as pessoas nos centros comerciais e obrigá-las a desviarem-se, como se estivessem a fazer uma finta.

Não é nada agradável, como já foi referido noutro post, estacionar o carro no lugar reservado a pessoas com deficiência ou no passeio.

Não convém responder agressivamente a um argumento sereno e construtivo. É pura e simplesmente ofensivo sem qualquer fundamento.

Sempre que falarmos com alguém, devemos pensar antes de dizer seja o que for, e não deixar as palavras deslizarem pela boca.

E a mais importante de todas! Se não gostamos que nos façam alguma coisa, não o façam aos outros.

Bem, penso que esta última regra poderia muito bem ser a única.

Na verdade, para sermos boas pessoas, basta pensar como nos sentiríamos se fizessemos o mesmo a outra pessoa.

Basicamente, deixarmos de existir por uns segundos em função da outra pessoa, de forma a podermos compreender o que o outro sente.

Mas nunca devemos ser maus para nós!
A bondade é um constante equilíbrio entre o bem para com o próximo e para connosco. Coisa que não é de todo tarefa fácil!

Mas é possível, se tivermos gosto em receber um sorriso em troca dum ato de bondade.


Música do Dia: The Beach Boys - Barbara Ann (1965)


Fonte da imagem, clique aqui

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 21:01

Aceitas-me?

por Blogs Zé Consciência, em 18.11.13

 

Estive a pensar nos pedidos de casamento.

Um homem prepara um dia em grande, com jantar romântico, um passeio noturno, música ao vivo, tudo planeado para uma noite de lua cheia, e tudo isso ao gosto da mulher. No fim, quando a mesma já não aguenta mais emoção, o homem põe-se de joelhos e mostra um anel com uma pedra preciosa e pergunta "queres casar comigo?".

Das duas uma, ou a mulher se vai embora de rompante e ainda culpa o homem de ter feito algo horrível, ou salta de alegria e abraça o (agora) noivo dela.

Começam os preparativos e tal e tal...

Mas há mulheres que agem nestas alturas como se ficassem muito surpreendidas:
Um anel? Não me digam que... É mesmo!! Oh meu Deus, não estava nada à espera!! 

Mas não há suspense nenhum. No dia em que o homem ganha coragem para pedir à sua amada que case com ele, ele prepara o dia todo em função dela, para no fim lhe dar um anel com uma pedra preciosa.

Isto é o mesmo que dizer: "Vou-te tratar como uma princesa a tua vida toda. Acredita miúda, eu tenho dinheiro para pagar isso. Olha lá este anel! Toma, é teu. Aceitas ficar comigo?"

Espero não perder muitos amigos com esta crítica a uma tradição tão antiga e tão comum. Não desprezo o ato, nem julgo quem se entusiasme com tal.

Já fui a alguns casamentos e achei a cerimónia bonita e toda a gente se divertiu imenso. E também sei que muitos desses casamentos terminaram em divórcios poucos anos depois.

Por vezes o desejo de casar é tão grande, que o ato em sim acaba por ser impulsivo demais.

Também não digo que o homem deva entregar o anel à mulher embrulhado em papel de jornal com fita-cola e perguntar "'bora?".

Mas a questão é que nestas situações espera-se que o homem demonstre romantismo, o príncipe que salva a princesa e que a protege a vida toda.

Não tenho a certeza, mas penso que há mulheres que pedem em casamento ao homem.

Mas isto para muita gente é estranho, porque na guerra dos sexos, o homem é supostamente o caçador e a mulher é a presa (que decide se quer ser caçada ou não). E por isso é que os homens fazem tudo para se demonstrarem fortes e capazes e as mulheres se maquilham para destacar a beleza e disfarçar os defeitos.

Eu devo vir de outro planeta, porque acho mais atraente uma mulher de pijama e despenteada, do que uma com um vestido que pareça um corpete, o cabelo elaborado de tal maneira que nem se pode tocar e a cara toda pintada.

Ou seja, adoro a beleza genuína. Aceito as mulheres tal e qual como são, com qualidades e defeitos como qualquer ser-humano.

E quanto aos pedidos de casamento, não há nada de surpreendente nisso. Daí ser uma tradição, ou seja, um ato comum à maioria das pessoas.

Um casal namora e quando têm condições para viverem em conjunto, casam-se.

Mas atenção! Se o homem não tiver o anel com a pedra e não se puser de joelhos, ou seja, submeter-se, não merece a mulher!

O homem deve sempre surpreender a sua amada com o ato mais comum e menos surpreendente do mundo! Porque também faz parte da tradição a mulher saltar de alegria, como se dissesse "não estava nada à espera!"

 

Música do Dia: Tom Jobim e Vinícius Moraes - Garota do Ipanema (1962)

 

Fonte da imagem, clique aqui

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 11:26

Músicas no ReverbNation

por Blogs Zé Consciência, em 12.11.13



Olá caros leitores!

Serve este post para vos informar que disponibilizei duas músicas da minha autoria para ouvirem, no site ReverbNation.

Se gostarem partilhem com os vossos amigos. Quantas mais pessoas conhecerem os meus trabalhos, melhor!

 

ReverbNation / Zé Consciência

 

Espero que gostem!

Obrigado!


Música do Dia: Charlie Brown Jr. - Não É Sério (2000)

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 23:43

Soundcloud e Com a escrita em dia

por Blogs Zé Consciência, em 11.11.13

 

Hoje venho informar os meus caros leitores, que existe um site onde estão expostas músicas da minha autoria.

 

Soundcloud

 


Além disso gostaria de partilhar com os meus caros leitores o blog do Filipe Guimarães Consciência, onde podem contar com análises a livros, receitas originais (e deliciosas), embirranços variados e espaços do poeta (onde foi hoje destacado o meu poema Quotidianos (A Salvação)).

 

Com a escrita em dia


Música do dia: The Neighbourhood - Alleways (2013)


Fonde das imagens, aqui e aqui


Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 21:38

A cultivar o egocentrismo

por Blogs Zé Consciência, em 08.11.13


Certamente que os meus caros leitores já deram pela minha falta aqui no blog.

Passo a explicar a situação: Estou a terminar um mestrado, estando neste momento a estagiar em duas escolas. A diferença dum estágio para um trabalho é que no estágio todas as aulas que dou terão de estar integradas num projeto de investigação, que é uma forma simpática de dizer "Pirinéus de papeladas e de leituras".

Mas para preencher os espaços em branco dos meus tempos livres, foi-me feita uma proposta de trabalho que aceitei de imediato.

Começar a trabalhar fez-me entender o quanto gosto da carreira que escolhi, mas também o quão trabalhosa e desgastante é.

Tendo em conta que o meu estágio irá durar até dezembro, até aí não vou ter tempo nem para fazer a barba, servindo qualquer tempo livre para que eu possa existir para mim mesmo.

Apesar desta ideia ser um pouco egocentrista, não é sobre isso que o título se refere.

Justificações de parte, gostaria de aproveitar este bocado que tenho para partilhar um pensamento com os meus caros leitores.

Certo dia, quando estava a passar por um parque de estacionamento de uma escola (não interessa qual), deparei-me com uma situação interessante.

Ao fim do dia, quando o parque estava praticamente todo livre, vejo uma mãe a aproximar-se para ir buscar o seu filho. Qual não é o meu espanto quando reparo que esta estacionou num lugar reservado a pessoas com deficiência.

Ao princípio pensei que se calhar ia buscar um filho com algum tipo de problema, mas a verdade é que o filho pulava de alegria.

No momento em que o meu cérebro se preparava para dizer "é esta a educação que transmitem aos filhos", deparo-me com uma segunda mãe que decidiu estacionar em cima do passeio.

Aí o meu cérebro já mudou a sua frase, dizendo "olha que quadro tão bonito!"

No meu ramo de trabalho já tive a oportunidade de assistir a muitos casos de maus comportamentos por parte dos alunos.

Uma criança não nasce ensinada; vai assimilando tudo o que o seu meio lhe transmite.

Este tipo de situações como o que descrevi, são só um exemplo de muita coisa que já vi, principalmente em centros comerciais, quando os paisna presença dos filhos, refilam com o nariz apontado para cima. Os pobres coitados, inocentemente, aprendem estas atitudes como sendo as corretas.

E cada vez se nota mais isso!

Se continuarmos a cultivar este egocentrismo, quem sabe onde o mundo vai cheg... Esperem...

Se calhar já lá estamos!...


Música do Dia: Green Day - Basket Case (1994)


Fonte da imagem, clique aqui

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 12:54

Partilha: Almada Banhada por um Mar de histórias

por Blogs Zé Consciência, em 04.11.13

Por vezes nem nos apercebemos das riquezas que existem à nossa volta.

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 01:22

Pág. 1/2



No final do dia, sobra sempre uma ideia para conversar e refletir. Zé Consciência

Mais sobre mim

foto do autor


Pesquisar

Pesquisar no Blog  

Canal Youtube Zé Consciência


Comprem aqui o álbum Mar (Hino À Esperança) EP


Comprem aqui o álbum Vozes do Interior EP


calendário

Novembro 2013

D S T Q Q S S
12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930

Arquivo

  1. 2014
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2013
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D

Visitantes


Crónicas Videojogos