Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]


Dia dos parvos de abril

por Blogs Zé Consciência, em 01.04.14

 

Em primeiro lugar, olá a todos!

Hoje é dia das mentiras. Mas como podem ver, eu sou honesto.

 

Vamos lá pensar um pouco neste dia.

Um dia inteiro dedicado à mentira... É isto que andamos a ensinar aos mais novos?

Mentir é feio, mas no dia 1 de abril podem mentir à vontade.

Porquê?

Quem inventou o dia das mentiras?

Bem, após uma pesquisa, soube que na França do século XVI, o ano novo era celebrado no dia 25 de maio (início da primavera) e que essa festa durava até 1 de abril (que era considerado o início do ano).

No entanto, em 1564, o rei Carlos IX adotou o calendário gregoriano, determinando assim que a festa do início do ano seria celebrada no dia 1 de janeiro (tal como fazemos hoje em dia).

Mas existem sempre pessoas antiquadas que continuavam a querer celebrar o ano novo a 1 de abril.

Como sabem, os parvos existem desde que existe o ser humano, por isso mesmo, algumas pessoas gozavam com esses antiquados, enviando-lhes presentes estranhos e convites para festas que não existiam.

E daí nasceu o dia das mentiras, denominado nos países de língua inglesa de april's fools day, ou seja "dia dos parvos de abril", e nos países de língua francesa e italiana poisson d'avril e pesce d'aprile respetivamente, ou seja, peixe de abril.

Uau!... Estou espantado, não sabia que existia mesmo uma razão.

Mas hoje em dia ninguém sabe porque é que o dia existe. Simplesmente é um dia em que todos podem mentir uns aos outros, tal como no carnaval podem pregar partidas porque "ninguém leva a mal"... excepto eu.

Vivemos tão contidos, tão pressionados por regras, que se nos dizem que hoje é um dia em que podemos fazer disparates toda a gente fica contente. 
O que prova que, no fundo, somos todos más pessoas.

Não nos dêem mais ideias!... Não inventem o dia do swing, ou o dia das palmadas no rabo, ou o dia de partir janelas e muito menos o dia da arrogância!... Teriam surpresas que dificilmente esqueceriam.

 

Música do Dia: Paul Dukas - O Aprendiz do Feiticeiro (1897)

 

Fonte da imagem, clique aqui

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 13:06


No final do dia, sobra sempre uma ideia para conversar e refletir. Zé Consciência

Mais sobre mim

foto do autor


Pesquisar

Pesquisar no Blog  

Canal Youtube Zé Consciência


Comprem aqui o álbum Mar (Hino À Esperança) EP


Comprem aqui o álbum Vozes do Interior EP


calendário

Abril 2014

D S T Q Q S S
12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
27282930

Arquivo

  1. 2014
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2013
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D

Visitantes


Crónicas Videojogos