Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]


Poema: A Revolta das Marionetas

por Blogs Zé Consciência, em 26.12.13

 

Estão preparados?!

 

Está aberta a época da caça,

Com mais de dez milhões de soldados fora de casa.

As ruas estão cheias com gritos e marchas,

As multidões acendem e erguem as tochas!

 

Cumprimentem os irmãos que estão na multidão

Apertem as mãos, partilhem a emoção.

Num grito somos um, todos juntos na batalha

Pela pátria, p’lo país, p’los irmãos que sairam do seu lar.

 

De que forma tu nos vês,

se nem no teu povo tu crês?

E quem és tu p’ra nos dizer,

Quais serão as regras que nos vão reger?

 

Ecoam as sirenes no ar,

São emergências p’ro estado p’lo estado do país.

Granadas com palavras, dinamites com respostas,

As multidões acendem e erguem as tochas!

 

Cortemos as cordas que nos prendem e controlam,

Soltemos as cobras que envenenam e magoam.

Como carraças nos sugam mas como pragas lutamos

Pela pátria, p’lo país, p’los irmãos que sairam do seu lar.

 

De que forma tu nos vês,

se nem no teu povo tu crês?

E quem és tu p’ra nos dizer,

Quais serão as regras que nos vão reger?

 

Música do Dia: Mafalda Veiga - Abraça-me Bem (2008)

 

Fonte da imagem, clique aqui

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 14:36



No final do dia, sobra sempre uma ideia para conversar e refletir. Zé Consciência

Mais sobre mim

foto do autor


Pesquisar

Pesquisar no Blog  

Comprem aqui o álbum Mar (Hino À Esperança) EP


calendário

Dezembro 2013

D S T Q Q S S
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
293031

Arquivo

  1. 2014
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2013
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D

Crónicas Videojogos