Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]


Apenas uma frase: A vida

por Blogs Zé Consciência, em 14.04.14

A vida é um mar de rosas, com toda a sua beleza e os seus espinhos.

 

Música do Dia: Staind - So Far Away (2003)

 

Fonte da imagem, clique aqui

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 22:14


2 comentários

De Artur Santos a 15.04.2014 às 01:08

Há mais ervas daninhas do que rosas.
Embora sejam sempre mais discutíveis as extrapolações que se fazem do nível do individual para o colectivo e vice-versa,o facto é que elas são costumeiras e coloquiais.
Na ainda ingenuidade dos teus poucos anos de existência,não te apercebeste que se vive sob esteriótipos do que são as pessoas em função da sua proveniência geográfica.
Talvez penses que o que te estou a dizer nada tenha a ver com o conteúdo da tua frase de hoje,mas vai reparando que no presente sob a depressão e o abaixamento da auto-estima,tudo é reactivo à gestão dos nossos mal-amados bens e posses,geridos por outros,agora mais do que nunca,sem sabermos como iremos lidar com isso.Pelo que se passa,a vida só tem um pouco,muito pouco de MAR DE ROSAS .Isso é romantismo psicologicamente aceitável,na tua idade e na tua vida que não te atormenta,por enquanto.
No meio dessa tua lógica ultra-simplista e casual,acreditas no relançamento das reformas capazes de modificar tudo quanto os espinhos bem grandes e afiados das tuas rosas feriram tão profundamente e continuarão a ferir toda a estratégia da nossa vida.Mas também ainda abrirão brechas profundas nos teus filhos e netos quando os tiveres.
Desculpa ter aproveitado o MAR DE ROSAS para deitar cá para fora o que me preocupa. Este fel tem que ser expelido. Um grande BCDV.

De Blogs Zé Consciência a 15.04.2014 às 08:56

Por ter descoberto tudo o que o avô me descreveu, é que destaquei os espinhos das rosas.
A vida não tem só coisas más, mas é verdade que o facto de vivermos constantemente na mão de outros, nos retira as pétalas das rosas e arranham os espinhos nas nossas costas.
Eu bem tento apanhar as pétalas e cheirar a sua essência, pois se a vida fosse só os espinhos que tanto doem, baixava os braços e desistia dela.

Comentar post



No final do dia, sobra sempre uma ideia para conversar e refletir. Zé Consciência

Mais sobre mim

foto do autor


Pesquisar

Pesquisar no Blog  

Comprem aqui o álbum Mar (Hino À Esperança) EP


calendário

Abril 2014

D S T Q Q S S
12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
27282930

Arquivo

  1. 2014
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2013
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D

Visitantes


Crónicas Videojogos