Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]


Apenas uma frase: O Valentim

por Blogs Zé Consciência, em 14.02.14

Feliz dia dos namorados a todos os solteiros! Divirtam-se!

 

Música do Dia: Stevie Wonder - I Just Called To Say I Love You (1984)

 

Fonte da imagem, clique aqui

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 00:17


3 comentários

De Inês - Desenhos e Desenhos a 14.02.2014 às 17:42

A ti, que és comprometido (e muito bem comprometido), feliz dia dos namorados!
Beijinhos!
Gdtp!

De Blogs Zé Consciência a 14.02.2014 às 17:46

Feliz dia dos namorados também para ti!
O nosso compromisso é lindo, cheio de carinho e de códigos que só nós compreendemos! eheh
Beijinho grande,
Gdtm

De Artur Santos a 15.02.2014 às 01:31

Por qualquer razão,incomum e extraordinária pensamos que quem gosta de nós,é para sempre,façamos o que fizermos e sejamos quem formos.
Não aceitamos que os amores são quase sempre resultado das circunstâncias e tenham tempos de existência,variando entre a maior ansiedade e uma vulgar interacção e,que se possam gastar e desgastar como o ser humano e os seus objectos.Queremos acreditar que o verdadeiro amor,se é que existe,porque já foi provado que algum amor é falso,pois é incondicional e intemporal,pensando que esse afecto se adquire como objecto não perecível. Julgamo-lo diferente de todos os outros sentimentos,que está sempre lá em função das nossas necessidades e desejos.Para tal,há que dar provas,aguentando tudo,resistindo e prevalecendo às condições adversas.
Parece até que amores de troca são amores oportunistas,de mercado em que "tudo se troca".
O grande amor tem de ser feito da sensibilidade que existirá em qualquer outra grandeza de entrega,de uma estrutura de inconstantes incondicionalidades e,assumidas.Para que assim seja constrói-se uma constante complicação.
Para convicção de que somos amados,independentemente daquilo que nos dão,devemos retribuir com menos do que sentimos que recebemos para fugir a uma lógica mercantilista,colocando-nos afastados da paridade.
Quis com isto dizer,que não há extremos: nem no que está bem,nem no que vai aparecendo pior. Depois de confirmadas as minhas razões para o pior,chegando aí,mais que provavelmente sentimo-nos sozinhos. Porque a solidão se alimenta do não amarmos.Mas tudo cresce e se desenvolve à sombra do que se é capaz de dar e amar.
S. Valentim,no dia dos namorados,dá-nos muitas vezes uma estabilidade emocional.
Aproveita!...
Um bcdv.

Comentar post



No final do dia, sobra sempre uma ideia para conversar e refletir. Zé Consciência

Mais sobre mim

foto do autor


Pesquisar

Pesquisar no Blog  

Canal Youtube Zé Consciência


Comprem aqui o álbum Mar (Hino À Esperança) EP


Comprem aqui o álbum Vozes do Interior EP


calendário

Fevereiro 2014

D S T Q Q S S
1
2345678
9101112131415
16171819202122
232425262728

Arquivo

  1. 2014
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2013
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D

Visitantes


Crónicas Videojogos