Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]


Poema: Triste Realidade de Artur Santos

por Blogs Zé Consciência, em 11.04.14

 

A pedido do meu culto e adorável avô, publico um poema da sua autoria.

Apesar da clara tristeza transmitida no tema, gostaria de destacar a ironia que despropositadamente é transmitida quando o meu avô se refere a ele mesmo como um indivíduo sem inspiração. A ironia está no facto de o ter dito num lindo poema, excecionalmente bem escrito.

A enciclopédia não se fecha porque continua a ser escrita.

 

------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

 

Já não me atrevo a emitir poesia. 

A inspiração já se perdeu no ar.

Estou aquem daquilo que fazia

Os sentimentos de rir ou chorar.

 

A minha variada intuição

Agora está muito limitada,

Já só consigo impor, uma emoção 

Com muito tempo, para ser bem pensada.

 

Estou triste porque estou consciente

das falhas que vou tendo dia a dia,

Pois antes vivia mais contente,

Com a clareza daquilo que sabia.

 

Não tenho sequer leves esperanças

Da cabeça poder atrás voltar.

Dos meus netos, como quando crianças

Já não terem meu saber p'ra consultar.

A enciclopédia está-se a fechar.

Procurem agora outras heranças.

 

Música do Dia: Danny Elfman - What's This? (de The Nightmare Before Christmas) (1993)

 

Fonte da imagem, clique aqui

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 14:36


3 comentários

De Inês - Desenhos e Desenhos a 11.04.2014 às 21:05

O poema está cheio de significado, mas tal como disseste triste.
Dou os parabéns ao teu avô pelo poema e quero-lhe dizer que as enciclopédias nunca se fecham.

De Artur Santos a 11.04.2014 às 23:41


Obrigado pela tua dedicação e confiança,que,quem sabe?Talvez me acenda novamente este velho interruptor! Quem sabe?...A Inês pôs um reforço...
Um bcdv para ambos.

De Blogs Zé Consciência a 12.04.2014 às 09:57

O avô tem um talento enorme que merece ser partilhado.

Um beijo meu e da Inês

Comentar post



No final do dia, sobra sempre uma ideia para conversar e refletir. Zé Consciência

Mais sobre mim

foto do autor


Pesquisar

Pesquisar no Blog  

Comprem aqui o álbum Mar (Hino À Esperança) EP


calendário

Abril 2014

D S T Q Q S S
12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
27282930

Arquivo

  1. 2014
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2013
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D

Visitantes


Crónicas Videojogos